27 março, 2016

#diariodejornadas: Birna - Uma mensageira do Outro Mundo


25 de Março - casa da praia em Bertioga - por volta das 22:00
Após um churrasco com amigos, me sentei no sofá da sala, peguei meu notebook e o coloquei no banquinho de madeira, quando percebo uma coisinha verde grudada. Na hora não me dei conta do que era, até que cheguei perto e pude ver esse serzinho precioso, uma perereca minúscula e verdinha. Na mesma hora corri pegar a câmera para tirar algumas fotos. Então, levei o banquinho para o quintal e gentilmente à coloquei numa das plantinhas e lá ela ficou bem ajeitadinha. Voltei para dentro de casa, feliz com a visita daquele ser lindo.



26 de Março - casa da praia em Bertioga - por voltas das 11:00 da manhã
Acordei cedo para começar os trabalhos das 9 luas - retiro da lua cheia. Dei início às meditações matinais. Iniciei a minha jornada, estava em meu nemeton, algumas coisas ali aconteceram e então para minha surpresa aparece uma perereca igualzinha à que me visitou no dia anterior, com diferença apenas no tamanho. Esta, diferente da minha visitante, era estupidamente grande, com pelo menos 3x a minha altura. Ela fez um sinal para que eu subisse em suas costas e assim o fiz. No mesmo instante ela saltitou tão alto por cima das copas das árvores de meu nemeton e tive a oportunidade de ver meu bosque por ângulos que ainda não o conhecia. Até disse à ela: "esta parte de meu bosque eu ainda não conhecia!" e então ela me disse em resposta: "há muitas coisas que você ainda não conhece."
Foi uma viagem incrível. Ela saltitava tão alto que eu cheguei a sentir calafrios na barriga. Meu corpo estava tão relaxado que não o sentia mais, apenas os calafrios e o sobe e desce por cima das copas das árvores. Jornada vai, jornada vem e então chegamos em nosso destino. Um querido ser de pele de cascas de árvore, que mais tarde revelou ser um guardião, nos recepcionou nesse lindo lugar e com um sorriso disse: "parece que você já conheceu a Birna".
A jornada prosseguiu mas a parte que interessa para este post é até aqui.

Significado do nome Birna:
De acordo com o site Nordic Names (sim! este nome é de origem nórdica!!!), Birna é um nome feminino derivado de "Biǫrn" que significa "Urso".
Sobre Biǫrn em si, não sei nada além de que nos mitos e lendas nórdicas, ele foi filho do rei Ragnar Lodbrok. Não me interessei em buscar mais informações sobre ele por enquanto, pois, o que realmente me interessou foi o significado de seu nome: "Urso".
Vejamos, que associação engraçada uma perereca com um urso, não?
Com uma pesquisa rápida no site de xamanismo do Celso Fortes, podemos encontrar uma breve descrição sobre estes animais sob a perspectiva totêmica:

- Perereca: lembrança dos laços comuns com toda a vida, cantor das canções que celebram o começo da vida, transformação, limpeza, compreendendo as emoções, renascimento.

- Urso: despertar do poder do inconsciente, introspecção, curador, morte e renascimento, transformação, defesa, sabedoria.

Levando em consideração o restante de minha jornada, que prefiro manter para mim mesma por enquanto, os significados de ambos os animais caem como luva com a mensagem que me foi passada neste jornada e com o período da vida a qual me encontro.

Encerro por aqui, espero que tenham gostado. Este é um novo modelo de posts que quero trazer para o blog, que é compartilhar com vocês algumas de minhas jornadas espirituais. Claro, algumas delas que são extremamente íntimas e pessoais não poderão ser partilhadas por aqui, mas creio que sempre há algum aprendizado que pode ser levado ao mundo.

O conselho que dou aqui hoje é: prestem MUITA atenção aos detalhes do seu dia a dia. Pois, quando digo que os Deuses, Ancestrais ou Espíritos no geral, falam conosco à todo momento, é porque eles falam conosco à todo momento. O aprender a 'ouvir' é estar atento à todos os pequenos e grandes sinais que lhe são dados durante o dia. Não se frustre se teus Deuses não te mandam mensagens da maneira que você quer, pois, nem sempre o que você quer é o que você precisa.

~~ Atenção ~~ 
A violação de direitos autorais é crime: Lei Federal n° 9.610, de 19.02.98