06 abril, 2015

#sagradofeminino: Mulher Sagrada

Sacralidade Feminina

Cada mulher em sua essência é sagrada. Em cada célula de seu corpo há poder. Poder de Vida, poder de Cura, poder de Transformação. Cada gota de sangue carrega marcas de dor, sofrimento, alegria, prazer. Marcas de décadas e séculos passados.


Em suas mãos há grande força para batalhar.
Em seus olhos, determinação da guerreira que jamais desiste de lutar.
Seus lábios entoam canções de uma velha tradição,
Ensinamentos antigos perdidos na escuridão.
Seus pés firmes caminham pelo campo de batalha,
Mesmo ferida, permanece em pé e em sua missão jamais falha. 


A cada ciclo seu corpo se enche de virtude,
Cada sorriso doce revela sua eterna juventude.
Seus cabelos são sagrados como flores,
Que crescem à cada Primavera embelezando as  árvores.
Suas pernas são fortes raízes,
Se emaranham pela terra e carregam cicatrizes.


Mulher sábia como a face cheia da Lua,
A cada erguer de mãos faz com que sua Energia flua.
A sua intuição é como um espelho que a guia,
A cada passo dado deixa seu rastro de Magia.
Seus olhos da mente lhes dizem os segredos das Estrelas,
Seus encantamentos a tornam numa eterna donzela.


Mulher que nasceu, cresceu, sofreu
Senhora de valor que a Sabedoria floresceu.
Cada linha marcada em seu rosto que brilhou,
Revela  alguns dos muitos caminhos que trilhou.
Velha sábia, Velha mãe, Velha guerreira
Seus olhos ardem sábios como a grande Fogueira.

Tu que lê, és esta mulher. Forte, guerreira, soberana, cheia de luz e vida. 
Continua a lutar, mesmo que as pedras sejam grandes. 
Continua a caminhar, mesmo que o caminho seja torto e íngreme. 
Continua a sorrir, mesmo que a dor dilacere o coração. 
Continua a amar, mesmo que o coração sangre. 
Continua a acreditar, mesmo que tudo dê errado. 
Continua a brilhar, mesmo que esteja em meio à trevas. 
Continua a dançar, mesmo que os pés doam,
Continua a viver, mesmo que a agonia esteja à porta,
Continua a sonhar, mesmo que as noites sejam tristes,
Continua a subir, mesmo que a escada não tenha fim.
Continua sendo mulher, continua sendo deusa, continua sendo Sagrada!



~~* Jully Basilio *~~