23 dezembro, 2014

#religião: O Mar sob o Sol

Tudo começou com um passeio gostoso pelo mar, sobre as costas de uma pequena e amigável foca que por ali passava e gentilmente ofereceu-me uma carona. Não sabia exatamente para onde estávamos indo, mas senti que algo bom estava à nossa espera. O sol sobre nossas cabeças e o mar fluindo à nossa volta me fez perceber que aquele não era um passeio comum. A energia aumentava e a água banhava meus pés. Definitivamente eu havia entregue todo meu ser para aquele momento único quando percebi que nós duas não estávamos sozinhas. Ao nosso lado, um senhor forte, com barba e cabelos brancos e longos, um olhar manso e um sorriso doce, fluía pelas águas calmamente. Olhou para nós duas com doçura e disse-nos: "Serei seu guia nessa viagem". E permaneceu sorrindo daquela forma aconchegante, como um pai que sente prazer em fazer um passeio com seu filho.
Por uns minutos fomos viajando pelo mar adentro, passando por belos animais. Gaivotas sobrevoavam nossas cabeças, tartarugas nadavam logo abaixo de nós. Tubarões eram amigos, golfinhos diziam "olá" para a foquinha, peixes nos rodeavam como uma ciranda ensaiada.
Estava tudo tão mágico quando de longe avistei uma ilha. Alta, bela e imponente. Maravilhei-me quando percebi que o Senhor dos Mares estava nos levando naquela direção.

04 dezembro, 2014

5 razões pelas quais não preciso do Cristianismo


Chega de Intolerância

Bom, este será um post diferente dos que costumo fazer e já não é de hoje que estou com vontade de escrever um texto sobre esse tema (polêmico, por sinal). Minha intenção não é atacar crença/religião/fé de ninguém, mas antes, expressar minha visão sobre o cristianismo hoje e como ele afeta negativamente a MINHA vida.
Antes de mais nada: sim, eu já fui cristã (católica e evangélica) e conheço de perto sobre cada item que citarei aqui. Bom, então vamos à lista básica: